Carreira Dicas de estudo Estudando

Profissões que não exige matemática: Pedagogia

O pedagogo pode trabalhar em instituições públicas ou particulares em dois campos de atuação: a administração e o magistério, de modo que pode tanto gerenciar e supervisionar o sistema de ensino quanto orientar os alunos e os professores.

Ele pode trabalhar na administração das escolas, supervisionando o sistema de ensino e gerenciando os professores, como pode atuar na sala de aula mesmo, como professor até o 5º ano do Ensino Fundamental.

Além disso, dentro de sala, o profissional de Pedagogia avalia o aprendizado dos jovens e crianças e as habilidades de cada um deles estão desenvolvendo.

Nos órgãos públicos, participa do desenvolvimento e da fiscalização das leis de ensino no país. Em outras palavras, o pedagogo fica de olho nas escolas, para saber se aquilo que foi determinado pelos órgãos está sendo obedecido

Outra função que este profissional tão importante para o desenvolvimento dos jovens, é facilitar a inclusão social dentro do ambiente privado da escola.

Licenciatura em Pedagogia

Trata-se de uma graduação totalmente voltada à Educação, com suas diversas teorias e modelos sobre como transmitir o conhecimento, bem como sua aplicação em sala de aula, levando em conta o contexto econômico, político, social, cultural e educacional da sociedade.

O que é o curso de pedagogia?

O curso de licenciatura em Pedagogia vai ainda mais fundo. Trata-se de uma graduação totalmente voltada à Educação, com suas diversas teorias e modelos sobre como transmitir o conhecimento, bem como sua aplicação em sala de aula, levando em conta o contexto econômico, político, social, cultural e educacional da sociedade.

Quanto tempo de leva para se formar em pedagogia?

O período mínimo de uma licenciatura em Pedagogia é de 8 semestres (4 anos), mas é muito comum encontrar cursos com 9 ou 10 semestres, principalmente em universidades federais.

Quais as áreas que pedagogia aborda?

Confira agora algumas disciplinas estudadas na licenciatura em Pedagogia. Lembramos que a nomenclatura das matérias pode variar de acordo com a instituição de ensino.

  • Análise Textual
  • Aspectos Antropológicos e Sociológicos da Educação
  • Avaliação da Aprendizagem
  • Currículo: Teoria e Prática
  • Educação Especial
  • Educação e Economia Política
  • Educação Profissional: Teoria e Prática
  • Educação e Saúde em Contexto Hospitalar
  • Filosofia da Educação
  • Fundamentos da Educação de Jovens e Adultos
  • Fundamentos da Educação de Remanescentes de Quilombos
  • Gestão Escolar: Teoria e Prática
  • Fundamentos da Educação Indígena
  • História da Educação
  • História da Educação no Brasil
  • Informática Aplicada à Educação
  • Metodologia e Prática de Alfabetização e Letramento
  • Métodos e Práticas de Ensino da Arte
  • Métodos e Práticas de Ensino de Ciências e Educação Ambiental
  • Métodos e Práticas de Ensino da Educação Física
  • Métodos e Práticas de Ensino de Geografia e História
  • Métodos e Práticas de Ensino da Língua Portuguesa
  • Métodos e Práticas do Ensino da Matemática
  • Métodos e Práticas do Ensino nas Creches e na Educação Infantil
  • Orientação Educacional
  • Pedagogia nas Instituições Não Escolares
  • Pesquisa e Prática em Educação
  • Planejamento Escolar
  • Políticas Públicas e Organização da Educação Básica
  • Psicologia do Desenvolvimento e da Aprendizagem
  • Psicologia da Educação
  • Psicologia Institucional
  • Raciocínio Lógico
  • Sociologia da Educação
  • Supervisão e Orientação Pedagógica
  • Tópicos em Libras: Surdez e Inclusão

Quais as médias de salários da área de pedagogia?

Um profissional pleno, com cerca de 5 anos de atuação como professor do ensino fundamental, pode ganhar cerca de R$ 2.800 em uma escola grande. Para os profissionais com mais de 10 anos de trabalho, essa média chega a cerca de R$ 5 mil.

Os orientadores educacionais, por sua vez, recebem em média R$ 3.500, no caso de um profissional pleno, e R$ 5.300 para aqueles que já chegaram a um nível mais avançado da carreira.

Já os coordenadores escolares podem ter uma remuneração melhor: um profissional pleno de uma grande instituição de ensino pode receber um salário de R$ 8 mil e em nível sênior esse valor vai para mais de 13 mil.

Saiba mais sobre profissões que não exige matemática.

Leave a Comment